A Diferença Entre Medicina Veterinária, Zootecnia Ou Zo

10 May 2019 15:27
Tags

Back to list of posts

<h1>P&oacute;s-gradua&ccedil;&atilde;o Lato Sensu E Stricto Sensu</h1>

<p>A Medalha Fields de Artur Avila &eacute; not&iacute;cia a se comemorar, entretanto n&atilde;o tem que desviar a aten&ccedil;&atilde;o dos obst&aacute;culos inmensur&aacute;veis que a matem&aacute;tica brasileira tem pela frente. O mais imediato quem sabe seja o abismo colossal entre a excel&ecirc;ncia da pesquisa feita no na&ccedil;&atilde;o e a qualidade da matem&aacute;tica que nossos alunos aprendem na escola. Pela classifica&ccedil;&atilde;o da Uni&atilde;o Internacional de Matem&aacute;tica (IMU em ingl&ecirc;s), que mede a pesquisa de ponta, ocupamos posi&ccedil;&atilde;o destacada. Aprovado E Lastimoso: Por Que Passar Em Concurso N&atilde;o &eacute; sempre que Traz Alegria? o prisma &eacute; o ensino da disciplina, o Brasil est&aacute; na rabeira, conforme mostram os resultados do programa Pisa, que avalia regularmente as compet&ecirc;ncias de alunos de abundantes pa&iacute;ses.</p>

<p>Na &uacute;ltima edi&ccedil;&atilde;o, a na&ccedil;&atilde;o ficou na 58&ordf; posi&ccedil;&atilde;o de 65, atr&aacute;s de Cazaquist&atilde;o, Alb&acirc;nia e outros que nem sonham com uma Fields. A Verdadeira Hist&oacute;ria em algumas frentes t&ecirc;m sido promovidas pra atacar a defici&ecirc;ncia. Os esfor&ccedil;os do governo, entretanto, conseguem estar passando ao largo de perguntas de fundo s&eacute;rias. “Hoje temos mais recursos destinados &agrave; &aacute;rea, por&eacute;m n&atilde;o existe um questionamento sobre o tipo de matem&aacute;tica que est&aacute; sendo ensinada”, avalia Tatiana Roque, coordenadora do mestrado em ensino de matem&aacute;tica da UFRJ.</p>

<p>O paradigma predominante, segundo ela, &eacute; o de um curso operacional e repetitivo que estimula a competitividade e afasta as pessoas da obedi&ecirc;ncia. A matem&aacute;tica brasileira peca pela timidez da sua liga&ccedil;&atilde;o com o setor produtivo (defici&ecirc;ncia que, no na&ccedil;&atilde;o, est&aacute; afastado de ser exclusiva da obedi&ecirc;ncia). A conex&atilde;o entre os pesquisadores e a ind&uacute;stria “&eacute; quase inexistente” na avalia&ccedil;&atilde;o de Jos&eacute; Alberto Cuminato, professor da USP em S&atilde;o Carlos. Por sua iniciativa, foi montado ali um programa que aproxima acad&ecirc;micos das empresas.</p>

<p>&Eacute; o peculiar dificuldade que os pesquisadores envolvidos no projeto s&atilde;o chamados a solucionar, em resposta a demandas surgidas na economia real. Uma motiva&ccedil;&atilde;o central &eacute; variar a mentalidade dos estudantes. Quando fez doutorado em Oxford, Cuminato se acostumou a ver de perto alunos de matem&aacute;tica procurando emprego em bancos, pela ind&uacute;stria qu&iacute;mica, no ramo de &oacute;leo e g&aacute;s. No Brasil, diversos nem ao menos consideram um emprego fora da academia. Alunos egressos do Instituto Nacional de Matem&aacute;tica Pura e Aplicada e de outros centros t&ecirc;m ajudado a povoar departamentos de matem&aacute;tica Brasil afora, a um custo pessoal que n&atilde;o &eacute; an&atilde;o.</p>

<ol>
<li>Prefeitura de Inhapim</li>
<li>Institui&ccedil;&atilde;o Superior de Ci&ecirc;ncias Sociais (FGV)</li>
<li>dois Museu de Qu&iacute;mica</li>
<li>Qual imagem ret&eacute;m da organiza&ccedil;&atilde;o ao se comentar da procura de clima organizacional</li>
</ol>

<p>O caso do maranhense Ivaldo Paz Nunes, jovem matem&aacute;tico de trinta e dois anos que foi aluno de Fernando Cod&aacute;, oferece uma ideia do tamanho da encrenca. Depois de concluir o p&oacute;s-doutorado no Impa existe um ano, voltou a seu estado natal para tornar-se pesquisador da faculdade federal de l&aacute;. Nunes encontrou um clima insuficiente estimulante, com defici&ecirc;ncias relevantes de recursos humanos e infraestrutura. “O defeito superior &eacute; a aus&ecirc;ncia de ambiente cient&iacute;fico”, diagnosticou, desanimado. &Eacute; verdade que o ecossistema matem&aacute;tico brasileiro tem se diversificado.</p>

<p>Na &uacute;ltima avalia&ccedil;&atilde;o que o governo fez dos programas de p&oacute;s-gradua&ccedil;&atilde;o, al&eacute;m do Impa, novas quatro institui&ccedil;&otilde;es receberam nota m&aacute;xima na disciplina: a universidade de Bras&iacute;lia, a UFRJ, a Unicamp e a USP de S&atilde;o Carlos. Marcelo Viana, pesquisador do Impa e presidente da Sociedade Brasileira de Matem&aacute;tica, estima que a consolida&ccedil;&atilde;o de uma comunidade madura passa pela maior distribui&ccedil;&atilde;o da excel&ecirc;ncia na pesquisa: “A sele&ccedil;&atilde;o n&atilde;o pode necessitar de um s&oacute; jogador. N&atilde;o ser&aacute; simples, por&eacute;m, reproduzir essa experi&ecirc;ncia em outros centros.</p>

<p>O Impa s&oacute; chegou aonde est&aacute; por ter uma suporte organizacional suave e desburocratizada, sem par no Brasil. Desde 2000, uma varia&ccedil;&atilde;o no estatuto da entidade a desobriga de escoltar os fundamentos engessadas de contrata&ccedil;&atilde;o, promo&ccedil;&atilde;o e demiss&atilde;o de professores a que as institui&ccedil;&otilde;es p&uacute;blicas devem se submeter. E mais: n&atilde;o fornece cursos de gradua&ccedil;&atilde;o, o que libera os professores pra procura e a dire&ccedil;&atilde;o de alunos. “&Eacute; trabalhoso tra&ccedil;ar uma estrat&eacute;gia para desenvolver uma &aacute;rea se n&atilde;o Olimp&iacute;ada Internacional De Filosofia e no momento em que quisermos”, avalia C&eacute;sar Camacho, diretor do Impa.</p>

IMG_0106.jpg

<p>A diversifica&ccedil;&atilde;o tem&aacute;tica &eacute; outra meta a ser perseguida. “O n&uacute;mero de campos em que os pesquisadores brasileiros t&ecirc;m uma cria&ccedil;&atilde;o suficiente n&atilde;o passa de 30% de todas as &aacute;reas da matem&aacute;tica”, avalia Camacho. Por&ccedil;&atilde;o das lacunas come&ccedil;ar&aacute; a ser preenchida pela expans&atilde;o que o Impa inventa para os pr&oacute;ximos anos, na qual pretende dobrar o n&uacute;mero de pesquisadores. Viana quer que o congresso desempenhe um papel consider&aacute;vel para aproximar a matem&aacute;tica da na&ccedil;&atilde;o.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License